O vídeo do Papa

As pessoas encarregadas de administrar a justiça têm grande responsabilidade. Seu trabalho não é fácil, e tem consequências que afetam diretamente a vida das pessoas. Por isso, devem manter sua independência e imparcialidade para assegurar que a justiça tenha sempre a última palavra.

“Dos juízes dependem decisões que influenciam os direitos e os bens das pessoas.”

Sua independência deve ajudá-los a serem isentos de favoritismos e de pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar. Os juízes devem seguir o exemplo de Jesus, que nunca negocia a verdade.

Rezemos para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra.”

O Vídeo do Papa difunde todo mês as intenções de oração do Santo Padre pelos desafios da humanidade e da missão da Igreja.

Anuncios

O vídeo do Papa – Junho de 2019

Aproximemo-nos de um dos muitos párocos que trabalham em nossas comunidades. O que dá sentido à sua vida? A quem eles dedicam o seu serviço? Por que se entregam tanto? Jesus Cristo é o centro de suas vidas, e eles querem viver segundo seu estilo. Não é fácil viver a “simplicidade evangélica” que entende e pratica todas as coisas segundo a misericórdia, próximo dos mais pobres.

“Quero pedir-lhes que dirijam vosso olhar aos sacerdotes que trabalham em nossas comunidades.

Nem todos são perfeitos, mas muitos se doam até ao fim, oferecendo-se com humildade e alegria.

São sacerdotes próximos, dispostos a trabalhar duro por todos.

Demos graças por seu exemplo e seu testemunho. Rezemos pelos sacerdotes para que, com a sobriedade e humildade de suas vidas, se empenhem numa solidariedade ativa para com os mais pobres.”